28/07/2015

Óbvio não é?


fonte

Eu costumo dizer nas palestras de Organização Básica da Casa que em a organização o óbvio normalmente é o mais correcto.

Vamos fazer um exercício super rápido:
O gel de duche que usa quando toma banho, está arrumado onde? Na casa de banho não é? Seria no mínimo estranho sair da banheira para ir à sala buscar o gel e voltar para a banheira terminar o seu duche…
E quando queremos fazer um ovo estrelado? Vamos buscar a frigideira que guardamos na casa de banho? Não, não vamos! Está na cozinha,claro!

Como vê, naturalmente organizamos de forma que funciona, simplesmente porque é óbvia, lógica e racional…
Por isso a indicação que vos deixo hoje pode parecer à primeira vista até um bocadinho simples demais mas venho recordá-la.
No que toca a organização de um objecto o melhor é:

 “Morar” onde “trabalha”.          
Quando decidir onde cada objecto deve morar a resposta é:  onde ele é usado.

P.ex. na cozinha, será nos armários mais perto do fogão que devem estar as panelas ou a roupa será guardada onde a veste. Já se estivermos a falar das toalhas de mesa podem estar ou na cozinha ou na sala de jantar ou mesmo a sua escova de cabelo – na casa de banho ou no toucador?
 Já começa a ver o funcionamento da coisa?

Nunca é demais recordar e muitas vezes a pessoas esquecem-se de que o ÓBVIO – o salta à vista - é a solução! E muitos de nós já o fazemos todos os dias! Por isso é só aplicá-lo aos novos objectos que entram na nossa casa.

Não se esqueça que quando se vive em espaços pequenos, a importância da organização duplica. E se quiser apreciar cada centímetro do seu lar, vai ter de levar a organização a sério.


Fiquem bem!

Sem comentários:

Publicar um comentário